segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Luz...

Um dia perguntaram-me, se houvesse uma luz que viesse do céu e se essa luz podesse transformar-se em uma pessoa que não vês a muito tempo, quem querias ver aparecer a tua frente?

Essa pessoa não saberia que eu iria ficar a pensar sobre isso durante alguns dias. A minha resposta depois de alguns minutos foi: "Não quero ver aparecer ninguém, porque as pessoas que eu gosto posso as ver, posso telefonar-lhes ou mesmo teclar com elas na net quando eu quero."

Mas alguns dias depois, essa pergunta ainda fazia trabalhar a minha cabeça e perguntei ao fundo de mim mesma quem eu queria ver nessa luz e claro que encontrei a resposta.

Quem eu queria ver nessa luz é a Sandra e a Ana. Elas que me conheceram desde que eu tinha alguns meses. Foram elas que me deram a paixão pela matematica desde que eu tinha 4 anos. Pois eu aprendi a contar em primeiro e só bem depois é que aprendi a escrever.
Alias é graças a essa paixão que elas me deram que eu nunca tive menos de 90% em matematica e fisica. Uma vez tive 100% num exame de fisica, o professor disse-me que procurou no exame todo a pequena virgula que falta-se só que não havia e que em 35 anos de carreira era a 1° vez que tinha um exame de 100/100.

A minha seperação com elas, foi para mim uma das piores separações. Ainda me lembro como se fosse ontem, mas tive de aceitar, tinha de vir para a Bélgica e elas não. Fez 10 anos em Julho que as vi pela a ultima vez e nunca mais tive noticias. As vidas dão voltas que ninguém consegue comprender.

Mas elas nunca sairam-me do pensamento e mais o tempo passa mais eu tenho saudades delas. Quando tinha as minhas notas em matematica, era sempre nelas que eu pensava, quando ouvia a musica La Solitudine era logo na Ana que eu penso, porque era a musica favorita dela.

Há dois dias, andava eu a passear pela neve, o meu telefone toca, era a minha mãe. Ela diz não sei onde tas, mas vem cá a casa que tens cá a tua prenda de Natal. Eu muito longe de pensar o que se passava, acabei o meu passeio e lá fui para casa.
Quando cheguei a casa, a Ana e a Sandra estavam lá, eu fiquei sem palavras, alias a primeira coisa que eu perguntei é se eram elas mesmas. As lagrimas cairam-me pela cara a baixo de tanta alegria que eu tinha porque eu nunca tinha comentado as saudades que eu tinha delas.

Para mim foi a melhor prenda que me possam dar :))))

Espero que todos tenham os vossos sonhos que se réalisem sobre tudo nesta altura.

Fica o bom de um Feliz Natal a todos.

6 comentários:

maria disse...

ohhhhhhhhhhhhhhhhhhh ca lindo :)

Ainda bem que reencontraste a Ana e a Sandra :)

A vida é mesmo assim, ao longo da vida vamos "perdendo" amigos e familiares e não é preciso viajar para outro país para isso acontecer...pessoas que em certos momentos foram tão importantes para nós, mas que depois "desaparecem", nem sabemos porquê e que deixam tantas saudades...

A Luz era o aviso da chegada delas :)

Feliz Natal para ti também :)

Beijinhooooooooooosssssssssssss :)


Ps: Ana e Sandra??? hummmm

Ps2: E eu??? E a macaca??? :(

Ps3: 100/100 ??? hummmmm

Ps4: Nem uma vírgula faltava??? hummmm

Ps5: Tou a ver esse professor...

casos reais disse...

Passei pelo seu blog para lhe desejar a si e aos seus familiares um Feliz Natal e um bom Ano Novo com muita saúde.
Abraço
(casos reais)

casos reais disse...

Um feliz ano de 2010!!

Anónimo disse...

flyff Top 100 Servers Private Server

maybe disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

a menina de ouro disse...

Muito interessante o blog, parabens

Caso se interesse por corresponder a visita, será seper bem vinda ao My Everything.
http://nathscardoso.blogspot.com/

Com carinho, Menina de ouro.